segunda a sexta 09:00—12:30 / 14:00—17:30 sábado, domingo e feriados 15:00– 18:00
22 939 24 70
casadodesign@cm-matosinhos.pt
Edifício Paços do Concelho Rua de Alfredo Cunha 4450-009 Matosinhos

Tempos Modernos – Cerâmica Industrial Portuguesa Entre Guerras – Coleção AM-JMV

A Casa do Design apresenta 'Tempos Modernos – Cerâmica Industrial Portuguesa Entre Guerras – Coleção AM-JMV', a primeira exposição realizada em Portugal inteiramente dedicada ao design para a indústria cerâmica nacional.

A exposição Tempos Modernos — Cerâmica Industrial Portuguesa Entre Guerras — Coleção AM-JMV, organizada pela Câmara Municipal de Matosinhos e pela esad—idea, Investigação em Design e Arte, e maioritariamente constituída por uma seleção de cerca de quinhentas peças pertencentes à coleção particular AM-JVM, procura evidenciar as relações entre a produção cerâmica portuguesa e o contexto internacional, no rescaldo das vanguardas artísticas do início do século XX, centrando-se no período entre as duas Grandes Guerras. Considerando uma larga amostra de manufaturas representativa do tecido industrial da época (Fábrica de Sacavém; Aleluia; Vista Alegre; Massarelos; Lusitânia; Sociedade de Porcelanas de Coimbra; entre outras) e objetos de várias tipologias (serviços de mesa; candeeiros; floreiras; caixas e figuras), a exposição trata-se de um sólido conjunto de peças de uso doméstico que apela à memória coletiva do país. Reveladora de um apurado sentido de sistematização, a coleção foi construída ao longo de várias décadas por António Miranda e José Madeira Ventura. Historiador da Câmara Municipal de Lisboa, António Miranda foi diretor interino do Museu da Cidade e coordenador do Museu de Lisboa – Palácio Pimenta, onde comissariou, entre outras, as exposições Varinas de Lisboa – Memórias da Cidade (2015) e A Lisboa Que Teria Sido (2017). José Madeira Ventura foi coordenador da Biblioteca do Departamento de História da Arte e da Biblioteca Geral / Biblioteca Mário Sottomayor Cardia, da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – Universidade Nova de Lisboa. Com aprofundado interesse pela história do design e das artes aplicadas, os colecionadores dedicaram-se a reunir um conjunto de peças demonstrativas da circulação de modelos e contaminação entre a produção cerâmica europeia. A exposição Tempos Modernos tem curadoria de Rita Gomes Ferrão. Rita Gomes Ferrão é investigadora do Instituto de História da Arte da FCSH-UNL, autora dos livros Hansi Staël: Cerâmica, Modernidade e Tradição (2014) e Querubim Lapa: Primeira Obra Cerâmica 1954-1974 (2015). Historiadora de arte e curadora, cujo trabalho se tem centrado no estudo das relações entre a produção de cerâmica portuguesa e o modernismo, em contexto internacional. António Miranda é historiador da Câmara Municipal de Lisboa. Foi diretor interino do Museu da Cidade e coordenador do Museu de Lisboa – Palácio Pimenta, onde curou, entre outras, as exposições Varinas de Lisboa – Memórias da Cidade (2015) e A Lisboa Que Teria Sido (2017). José Madeira Ventura coordenou o Departamento de História da Arte e a Biblioteca Geral / Biblioteca Mário Sottomayor Cardia da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

Visita Virtual — Tempos Modernos – Cerâmica Industrial Portuguesa Entre Guerras – Coleção AM-JMV

TEMPOS MODERNOS


Organização
Câmara Municipal de Matosinhos; esad–idea, Investigação em Design e Arte
Curadoria
Rita Gomes Ferrão
Investigação
António Miranda, José Madeira Ventura, Rita Gomes Ferrão
Apoio
Museu Nacional do Azulejo, Câmara Municipal de Loures, Museu de Cerâmica de Sacavém
Créditos Fotográficos
Tiago Pinto (peças), António Miranda (glossário)
Cedência de Peças
Frederico Sanches Cunha, José Bártolo, Museu de Cerâmica de Sacavém, Rita Gomes Ferrão
Agradecimentos
António Miranda, Conceição Serôdio, José Madeira Ventura

Câmara Municipal de Matosinhos


Presidente
Luísa Salgueiro
Vice-presidente e Vereador da Cultura
Fernando Rocha
Coordenação de Projeto
Clarisse Castro, Maria José Rodrigues, Maria José Mesquita
Casa do Design — Coordenação
Bárbara Araújo; Sérgio Afonso

esad–idea, Investigação em Design e Arte


Diretor Executivo
Diogo Vilar
Direção
Ana Sofia Cardoso, José Bártolo, José Simões, Magda Seifert
Gestão de Projeto
Sara Pinheiro
Gestão de Produção
Sofia Meira
Design Gráfico
Inês Nepomuceno, Susana Martins
Design Expositivo
Eleonora Fedi
Edição e Revisão
Andreia Faria
Assessoria de Comunicação
Mafalda Martins; Ana Rita Carvalho
Vídeo e Fotografia
Ana Pinto; Fernando Miranda
Produção
Alexandre Barbosa, Ana Coelho, Carlos Sousa, Catarina Matos, Catarina Freitas, José Castro